quinta-feira, 30 de abril de 2009

ENCONTRO COM ALUNOS DO CURSO DE MAGISTÉRIO - OURO PRETO

Poesia de Hebe apresentada no telão

J.S.Ferreira apresenta o livro JENIPAPO

Alunos do Curso de Magistério da Escola Dom Velloso


Dona Hebe proferindo palestra

No dia 29 de abril de 2009, na cidade ouropretana, os poetas do Jornal Aldrava Cultural, Professora Emérita da UFOP, Hebe Maria Rôla e J.S.Ferreira, falaram sobre LITERATURA INFANTO-JUVENIL para alunos do Curso de Magistério, da Escola Estadual Dom Velloso. Além da palestra proferida pela professora Hebe Rôla, "Como trabalhar com literatura com crianças e adolescentes", o poeta J.S.Ferreira falou sobre seu livro de poesia JENIPAPO, Projetos Culturais do Jornal Aldrava, o Movimento literário e artístico "O Aldravismo" e finalmente fez doação de livros para a Biblioteca da escola pública, alunos e convidados.
No final da palestra, a professora Hebe Rôla também apresentou seu livro de histórias O BEM-TE-SINO.

ESSE ENCONTRO FAZ PARTE DAS ATIVIDADES DO PROJETO DO PONTO DE LEITURA ITINERANTE E PROJETO POESIA VIVA: POESIA BATE À SUA PORTA COM OS POETAS DO JORNAL ALDRAVA CULTURAL.

AGENDA:
No dia 04 de maio de 2009, os poetas aldravistas, J.S.Ferreira, Andréia Donadon Leal, J.B.Donadon-Leal e Gabriel Bicalho, falarão sobre Poesia/Contos/Arte e Crônicas aldravistas para os alunos da Escola Viva de São Paulo em Ouro Preto.








sábado, 18 de abril de 2009

VII Congresso Internacional de Educação discute o uso de diferentes linguagens no ensino público



VII Congresso Internacional de Educação discute o uso de diferentes linguagens no ensino público

A Fundação Santillana, com o patrocínio da editora Moderna e parceria das Secretarias Municipal e Estadual de Educação de São Paulo, da UNESCO e da Organização dos Estados Ibero-Americanos para Educação, Ciência e Cultura (OEI), realizará no dia 29 de abril, em São Paulo, o VII Congresso Internacional de Educação. O congresso espera reunir 8 mil professores da rede pública de ensino no Ginásio do Ibirapuera para discutir o tema: “Educação no Contexto de Múltiplas Linguagens”. A programação do evento vai das 9h até às 17h. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.congressomoderna.com.br.A principal proposta do VII Congresso é refletir sobre a competência comunicativa e o uso de diferentes linguagens no processo ensino-aprendizado. A oralidade na sala de aula, métodos de ensino da escrita; a Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) na escola; o emprego de expressões artísticas, como o grafite; e o uso do blog como suportes pedagógicos serão alguns dos assuntos da programação.
A temática desta edição permitiu a presença de um time multidisciplinar de palestrantes. Além de especialistas educadores, nacionais e estrangeiros, o Congresso contará com profissionais como o roteirista Walcyr Carrasco, que conduzirá um encontro com professores para discutir a importância da leitura de peças de teatro em sala de aula, e a blogueira, publicitária e apresentadora de TV, Rosana Hermann, que participará do evento para falar da comunicação através do blog.
O mesmo congresso será realizado posteriormente, no dia 12 de maio, em Salvador, no Centro de Convenções da Bahia.






terça-feira, 14 de abril de 2009

Dia Nacional do Livro Infantil

DIA NACIONAL DO LIVRO INFANTIL -
HOMENAGEM DO POETA ALDRAVISTA J.S.FERREIRA
Tela: Déia Leal
POEMA DE J.S.FERREIRA
Crianças do além

Pelos altares
estes anjos
sobem e descem
como ninguém.
São crianças
do além
estes anjos?


JENIPAPO



J.S.Ferreira
Vice-Presidente da Associação Aldrava Letras & Artes e Vice-Presidente da Academia de Letras do Brasil - Mariana -MG, o poeta J.S.FERREIRA, envia belíssimos poemas de seu livro infanto-juvenil, JENIPAPO (série Giro-Lê (Clesi) Editora Aldrava Letras e Artes), para o Dia Nacional do Livro Infantil.




Conversem com o autor do livro:








A Lagartixa

J.S.Ferreira


A lagartixa,

no sol

espicha, espicha...



A lagartixa

no sol

espreguiça, espreguiça...



A lagartixa

no sol

largadiça, largadiça...






ERA UMA VEZ
J.S. Ferreira


Era uma vez
uma flor...
Era uma vez
uma cor furta-cor...
Era uma vez
um beija-flor conquistador...
Era uma vez
um amor, um grande amor...






Inconstância
J.S.Ferreira
Amanhece
e o sol
se trai.
O tempo
escurece
e a chuva não cai.
À tardeo sol reaparece
e a nuvem se vai...



mais poesias de J.S.Ferreira:
http://www.jornalaldrava.com.br/pag_poesia_jsferreira.htm
























































terça-feira, 7 de abril de 2009

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Associação Aldrava Letras e Artes recebe título de Utilidade Pública

Sessão da Câmara de Mariana
Público - Professor Aécio Souza com alunos da E.E. Professor Soares Ferreira,
Projeto sobre o Legislativo; Andréia Leal e Dona Hebe Rôla

J.S.Ferreira, Andreia Donadon Leal, Gabriel Bicalho, Bruo Mól, Hebe Rôla e J.B. Donadon-Leal
em sessão da Câmara Municipal de Mariana


ASSOCIAÇÃO ALDRAVA LETRAS E ARTES RECEBE O TÍTULO DE UTILIDADE PÚBLICA MUNICIPAL POR UNANIMIDADE


Mensagem ao Projeto de Lei que declara de Utilidade Pública Municipal a
“Associação Aldrava Letras e Artes”

Excelentíssimo Senhor;
Vereador Raimundo Elias Novais Horta
DD. Presidente da Câmara Municipal de Mariana – MG

Dileto Plenário;

O VEREADOR, Bruno Mól, vem muito respeitosamente à presença de Vossa Excelência nos termos da Lei Orgânica Municipal, da Resolução 022/90, bem como pelas demais disposições de direito atinentes à espécie, apresentar o PROJETO DE LEI em anexo, pelas seguintes razões:

A Declaração de Utilidade Pública Municipal da “Associação Aldrava Letras e Artes” é um reconhecimento das atividades desenvolvidas por esta associação em prol da educação e da cultura e do incentivo à produção literária em nossa cidade.

Fundada em 14 de Outubro de 2000, tem sua sede na cidade de Mariana, vem desempenhando nestes mais de 08 anos de existência relevantes serviços, além do desenvolvimento de projetos Culturais e Educacionais de Incentivo à Alfabetização e ao letramento com divulgação e produção de artes literárias e visuais, elevando com isso o nome de Mariana, não só para outros Estados brasileiros, mas também para outros continentes.

Sua atual Diretoria está assim composta:

Presidente – Gabriel José Bicalho
Vice-Presidente – José Sebastião Ferreira
Secretária – Hebe Maria Rôla Santos
Presidente da Comissão Editorial – José Benedito Donadon Leal
Diretor de Artes – Emerson Carvalho de Souza – Camaleão
Promotora de Eventos e Diretora de Projetos – Andréia Aparecida Silva Donadon leal

Tão logo efetivou a Associação Aldrava Letras e Artes, foram implementados todos os procedimentos legais e jurídicos para a sua legalização, como Registro do Estatuto no Cartório Próprio, Inscrição no CNPJ, sob o número 04.937.265/0001-71, estando perfeitamente legal e em pleno funcionamento, cumprindo suas atribuições estatutárias, sendo que a mesma, já obteve reconhecimento pelas maiores autoridades nacionais e internacionais relacionados à Cultura e Educação.

Anexo: Estatuto Social, Ata de Constituição, Ata da Eleição da Diretoria, Cártula do CNPJ, Atestado de Pleno Funcionamento, Certidão de Regularidade do FGTS, Certidão de Regularidade Fiscal, Certidão de Débitos Tributários, Certidão Negativa, Certidão Cívil Negativa.
Mariana, 26 de março de 2009.
Atenciosamente,

“Declara de Utilidade Pública a Associação Aldrava Letras e Artes” e Dá Outras Providências.


A CÂMARA MUNICIPAL DE MARIANA, por meio de seus legítimos representantes Aprova:

Art. 1.º - Fica declarada de Utilidade Pública Municipal a “Associação Aldrava Letras e Artes”

Art.2.º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 3.º - Revogam-se as disposições em contrário.


Sala das Sessões, 26 de março de 2009.

Poesia bate à sua porta

Doação de livros para Agente de Leitura

Doação de livros para Biblioteca Pública de Santa Bárbara -MG


Poesia bate à sua porta



Agentes de Leitura




Fotos do Projeto "Poesia Viva" - Poesia bate à sua porta, com os Poetas do Jornal Aldrava Cultural".

Poesia Viva - A poesia bate à sua Porta - com os poetas do Jornal Aldrava Cultural

Poesia bate à sua porta
Leitura de poesia em casa

Leitura de poesia em casa


Leitura de Poesia em casa




“POESIA VIVA -
A POESIA BATE À SUA PORTA”

IDEALIZADORA DO PROJETO: Andreia Aparecida Silva Donadon Leal
Parceiros: Poetas do Jornal Aldrava Cultural: Gabriel Bicalho, J.S.Ferreira e J.B.Donadon-Leal




ACESSE O PROJETO no site do Jornal Aldrava Cultural, PARA VISUALIZAR AS FOTOS:









DESCRIÇÃO SUMÁRIA

O projeto “POESIA VIVA - A POESIA BATE À SUA PORTA”, idealizado pela artista plástica e escritora mineira, Andreia Donadon Leal, com apoio dos Poetas do Jornal Aldrava Cultural: Gabriel Bicalho, J.S.Ferreira e J.B.Donadon-Leal envolve crianças, jovens, adultos, idosos, alunos, professores, acadêmicos e produtores culturais em uma abrangente teia de leitura com série de encontros, conversas, apresentações públicas em saraus, projeção de vídeo-poemas nas cidades mineiras de Mariana, Ipatinga, Santa Bárbara, Belo Horizonte, alunos da Escola Viva de São Paulo e alunos de escolas públicas da cidade. O projeto “POESIA VIVA - A POESIA BATE À SUA PORTA”, inicialmente com intuito de auxiliar no processo de Letramento com inserção dos autores no ambiente escolar na cidade de Mariana (MG) a partir de 2005, multiplicou-se para outras entidades nos estados, com objetivo de levar a poesia não só para o espaço escolar, mas para outras localidades. No ano de 2009, batendo à porta de casa em casa da população, lendo poesias, contos, crônicas, histórias e distribuindo gratuitamente jornais e livros para aguçar o hábito e o gosto pela leitura no lar, além de multiplicar essa ação, pedindo às pessoas das casas visitadas para realizarem o mesmo processo com o vizinho, com o parente, com o amigo; distribuindo os mesmos jornais e livros e assim sucessivamente. Desse contato nascem o gosto e a disseminação do processo de leitura de poesias, contos, crônicas de forma sistemática e efetiva na população.

JUSTIFICATIVA

O presente projeto se justifica por empreender um esforço contínuo dos poetas aldravistas na ampliação das possibilidades de leitura de poemas, crônicas, contos nas escolas públicas, particulares, eventos culturais e batendo de porta em porta (nas casas), inserção de escritores e acadêmicos nesses projetos. Depois de consolidar espaço na organização de encontros com escritores, artistas, público em geral para promoção de atividades de leitura em eventos culturais com performances, saraus, exibição de vídeo-poemas em academias, centros culturais, públicos e escolas, agora o Aldrava leva à poesia às casas. A importância desse projeto é em defender uma proposta de democratização da leitura, capaz de atravessar as mais diversas classes sociais e atingir os mais diferentes sujeitos e grupos sociais, ampliando o contato familiar, as relações de afetividade e a tradição de sentar com sua família para ler uma história, um poema, um texto, um causo; ampliando a produção e divulgação das ações dos agentes de leitura e produtos culturais da região. Iniciar o público infanto-juvenil, comunidade local e escolar no universo da literatura produzida por escritores, poetas e acadêmicos, estimulando-os a desenvolver suas potencialidades e a ampliar o conhecimento, às relações de afetividade e harmonia em família, a criação, a experimentação, a produção, a compreensão e a interpretação. Distribuição gratuita de livros e do Jornal Aldrava Cultural, do Jornal Aldravinha para os lares, Bibliotecas Públicas e Comunitárias, Instituições Culturais e outros locais de acesso. Trata-se da continuidade do projeto Haicai: da arte poética à alfabetização, produzido na E. E. Dom Benevides, em 2005-2007, e no ano de 2007 e 2008 na Escola de Ensino Fundamental e Médio Dom Viçoso na cidade de Mariana - MG, Escola Estadual Dona Reparata (distrito de Cachoeira do Brumado) e Secretarias de Educação de Ipatinga e Santa Bárbara (2008).
Os poetas do Jornal Aldrava Cultural se dedicam à atividade voluntária na tradição dos contos de literatura oral, ao contar uma história, ao ler uma poesia ou um texto, em sua voz e seus afetos no texto narrado para o ouvinte. Bater à porta de casa em casa, estimulando o hábito de leitura, a criatividade, a expansão do vocabulário, incitando a memória auditiva e visual, além de promover o contato humano e afetivo entre autores e pessoas do lar.

RESULTADOSOs resultados previstos para o projeto “POESIA VIVA - A POESIA BATE À SUA PORTA”, demonstrarão que um lar pode ser transformado em um lugar saudável e acolhedor para a prática contínua de atividades de leitura em família e os agentes de leitura, em parceria com os poetas do Jornal Aldrava Cultural, ampliarão e incentivarão essa ação para outros locais.



RESULTADOS SOCIAIS E ARTÍSTICO-CULTURAIS

· Incentivo a prática de leitura.
· Promoção de encontros em família para atividades de leitura e contação de histórias.
· Disponibilização e rotatividade de acervo para leitura.
· Encontros contínuos para realização de leituras.
· Incentivo ao processo de socialização da comunidade.
· Formação de grupos de leitores/escritores e agentes de leitura.
· Produção, apresentação e divulgação de ações e produtos culturais.
· Criação de oportunidades para conhecer e qualificar a produção literária e artística regional, nacional e internacional.
· Produção e execução de eventos literários e culturais.


OBJETIVO GERAL
Prática contínua de atividades de leitura em família e comunidade escolar.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
1.treinar agentes de leitura e produtores de textos.
2. promover encontros contínuos em escolas públicas, lares e entidades culturais para criar ambientes de leitura e apresentações culturais com saraus, performances e apresentação de vídeo-poemas.
3. promover a divulgação das ações dos agentes de leitura nas edições impressas e virtuais do Jornal Aldrava Cultural e a produção textual dos participantes envolvidos no projeto.

ESTRATÉGIAS
O Projeto Poesia Viva desenvolve as seguintes etapas: (1) visitas de poetas na casas e escolas para conversar sobre literatura, leitura e produção textual; (2) visita de poetas nas residências e escolas para leitura de poesias, textos, etc (3) acompanhamento dos poetas aldravistas às atividades dos professores nas aulas de leitura de poesia; (4) acompanhamento dos poetas aldravistas às atividades dos professores nas aulas de produção de textos e dos agentes de leitura, inclusive de poesia; (5) publicação de textos dos agentes de leitura na edição impressa e virtual do JORNAL ALDRAVA CULTURAL, publicação de poemas, textos e ilustrações dos alunos de escolas envolvidos no projeto no Jornal Aldravinha Cultural impresso e virtual; (6) palestras, encontros, conversas, saraus e exibição de vídeo-poemas, nos lares, nas academias, nos espaços escolares, espaços culturais diversos.

PÚBLICO ALVO
Crianças, jovens, adultos e idosos; alunos e professores de escolas públicas e particulares.

BENEFICIADOS5.000 pessoas

REALIZADORESIdealizadora: Andreia Donadon Leal - Associação Aldrava Letras e Artes: Gabriel José Bicalho (presidente), José Sebastião Ferreira (vice-presidente), José Benedito Donadon-Leal (presidente da comissão editorial); Agentes de leitura, escritores parcieiros.

PARCERIASAcademia de Letras do Brasil – sessão Mariana e região, Departamento de Letras do Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal de Ouro Preto, Instituto Brasileiro de Culturas Internacionais, Clube dos Escritores de Ipatinga (Clesi), Escola Viva de São Paulo.
2008
TRABALHO REALIZADO EM BRASÍLIA/2008: DOAÇÃO DE LIVROS, TRANSCRIÇÃO DE POEMAS EM BRAILLE; LEITURA DE POESIAS para EVENTO OFICINA DOS AUTORES EM BRAILLE. Coordenadora: Dinorá Couto


OUTROS TRABALHOS
Academias

CHOVEU POESIA NA CASA-ATELIÊ DE DÉIA LEAL
Poetas Aldravistas e alunos da Escola Viva - Ouro Preto, 2/6/2008
2007
FÓRUM DAS LETRINHAS – OURO PRETO
Distribuição de livros e jornais
2009
ESPANHA – Casa de Cultura de Maracena – Granada
Distribuição de livros/jornais –Leitura de Poesias/Contos e Conferências
Alunos do Colégio do Sagrado Coração e Secretário de Cultura









PROJETO SELECIONADO NO I Concurso Pontos de Leitura - 2008 - Edição: Machado de Assis

Alunos da Escola Viva de São Paulo - Encontro anual com os poetas do Jornal Aldrava Cultural
em Ouro Preto
Gabriel Bicalho e aluno com Jornal Aldravinha Cultural

Andréia Donadon Leal e aluna com Jornal Aldravinha Cultural


O Ministério da Cultura, através do Programa Mais Cultura, tem a honra de informar que seu projeto, POESIA VIVA COM OS POETAS DO JORNAL ALDRAVA CULTURAL, foi SELECIONADO no I Concurso Pontos de Leitura 2008 – Edição Machado de Assis. A partir de agora, sua iniciativa é reconhecida pelo Governo Federal como Ponto de Leitura e passará a fazer parte da Rede Biblioteca Viva – plataforma virtual de acompanhamento, interlocução e interação das iniciativas de livro e leitura por todo o Brasil.
Para mais informações segue o Ofício-Circular 006/CGLL/GM/MinC e a Portaria nº 92, de 18 de dezembro que homologa o resultado final do concurso.
Agradecemos sua inscrição e parabenizamos pelo projeto selecionado.
Atenciosamente,
Ministério da Cultura



Coordenação-geral de Livro e Leitura